Como Fazer Vendas e Inícios "Hipnotizantes" com Dicas Simples, Agora Mesmo!

Você já imaginou qual é a Diferente Que Faz a Diferença na Hora da Venda? E se você simplesmente mudasse algumas palavras e duplicasse suas vendas?

Muitas consultoras acreditam que precisam de mil argumentos para vender seu produto, ou então que basta apena a cliente experimentar e a venda está garantida. Esses, são dois claros mitos, e eu vou te explicar por quê com os dois motivos abaixo:

1º) Você precisa Saber Todos os argumentos do produto que você está presta consultoria e que está demonstrando numa sessão de beleza. No entanto a sua cliente precisa saber apenas o queInteressa a ela naquele momento. Como você tem clientes com perfis e necessidades diferentes possivelmente nem sempre você vai usar o mesmo argumento para diferentes pessoas.

2º) O Produto Mary kay é de Extrema Qualidade e isso é uma grande vantagem quando você faz a sessão de beleza e você jamais deve abrir mão dessa demonstração.

Agora, se você quer ser umaConsultora Elite, Aumentar Exponencialmente Seus Lucros, é essencial entender um pouco sobre o Funcionamento dos Mecanismos Psíquicos do Ser Humano e que são mais Simples do que você imagina...

Por isso, eu te convido a vir junto comigo a rechear aquilo que você já sabe fazer, com dicas simples e infalíveis para as suas Vendas e Entrevistas...SIM! A entrevista é uma venda, venda de uma ideia! Então aproveite o que vem por aí que pode te ajudar não só a aumentar seus lucros em vendas como a formar sua Equipe.

Leia a Frase abaixo com Atenção e muito provavelmente você lembrará de um Dia em que foi a uma loja e ficou encantada com um produto depois de uma rápida e simples apresentação como essa:

"Esse computador parece ser potente e é potente. O monitor é maravilhosamente projetado para ser bonito em seu espaço de trabalho. Tudo o que ouvirá ao ligar a máquina é o ronronar de seu funcionamento. O sistema de som é potente e toca seus CDs com clareza e tom surpreendentes. O Teclado é projetado ergonomicamente para ser confortável e fácil de usar e o layout é atraente..."

Parece bom?

Agora vamos ver porque essa simples apresentação de um produto é tãopoderosa:

1. Veja a primeira frase: Parece ser e é: Isso é já quebra uma objeção muito comum no pensamento dos clientes: "Nossa esse Produto parece ser muito bom, mas será que realmente é?" E no momento em que a sua cliente começa a pensar isso você pode dar um argumento que  PROVE sua afirmação de que o produto é bom como por exemplo:

O nosso Hidratante de mãos, como você pode sentir na sua pele agora, tem uma substância que se chama uréia, que regula o equilíbrio de água na sua ele, permitindo hidratação e sensação de pele macia por tempo Prolongado. ( argumento que fundamenta sua afirmação ao mesmo tempo em que a cliente experimenta o produto).

2."Maravilhosamente Projetado para ser Bonito...": Você Pode perceber que são utilizados muitos adjetivos, palavras de Impacto que mostram o cuidado desde o momento em que o aparelho foi produzido e despertam emoções positivas no cliente. Você pode usar frases como:

Esse Lápis foi projetado Exclusivamente (palavra poderosa que coloca a pessoa e uma posição de sentir-se importante) para pessoas com alergia.

3. "...em SEU espaço de trabalho" - "tocar os Seus CDs..." Observe que durante toda essa apresentação é utilizada a palavra SEU, que faz a pessoa se imaginar vivendo aquela situação que está sendo descrita; Da mesma forma, a palavra você tem um Poder Incrível de Causar esse Mesmo Efeito.

Agora, repare em 3 falas que sãochaves infalíveis e que nunca podem faltar em uma Demonstração de Produto, Fechamento de Venda e Entrevista de Início: Os sistemas Representacionais mais conhecidos como os seus sentidos:

4.a) Bonito em seu local de trabalho: Isso faz a pessoa imaginar o aparelho já dentro do escritório, ou seja, usa o sentido da visão.

5. b) Tocar seus CDs com Clareza: Essa frase desperta no cliente a imagem e/ou (já vou explicar o que quer dizer esse e/ou e porque ele é tão importante na hora da venda) o som dos seus CDs tocando com qualidade e clareza. Então, o sentido despertado aqui é o da audição.

6. c) OTeclado é projetado ergonomicamente para ser confortável e fácil de usar: Antes de eu explicar como essa frase faz toda a diferença, lembre-se que quando citei o exemplo do creme de mãos, no final eu adicionei a frase "sensação de pele macia".

PORQUE?

Palavras como confortável, macia, enviam  mensagem para que o seu cérebro acione o sentido cinestésico. Ao falar essas palavrasa pessoa imediatamente sente ou lembra como é sentir a pele macia, o conforto e assim, entra em contato com as emoções positivas que essas sensações causam, e transferem isso para o produto!

7. Observe que sempre que ele fala umacaracterística do produto, imediatamente ele liga essa característica a um Sentido ou Sistema Representacional como chamamos na PNL.

Assim, as características do produto passam a ser experimentadas na imaginação e até na química do corpo do cliente e se tornam mais concretas e verdadeiras.

Quando o Cliente experimenta ele mesmo, vai sentir se precisa e quer aquilo para ele ou não. Portanto, quem vai decidir a compra é o cliente e não você. O Sim virá dele, conforme a avaliação e sensações que teve.

Você não precisa ficar insistindo, "é bom, é bom, você precisa ter na sua casa, olha vou fazer um desconto" Não, não, nada disso. Você simplesmente vai proporcionar que ele experimente fisicamente (principalmente no caso dos produtos) e mentalmente (tanto para os produtos como na entrevista)

Você vai aumentar suas vendas e inícios assim? SIM!

Quando bem conduzido, O prazer experimentado ao se imaginar, viajando, por exemplo, por um reconhecimento da companhia será maior do que o medo de não dar certo, que poderia impedir a pessoa de entrar no negócio mesmo ela sabendo que quer mudar muito de vida e fazer parte do sonho rosa, entende?

Entender os mecanismos cerebrais ajuda não só aquebrar objeções como ajuda a eliminar o sabotador das pessoas.

Ficou claro que o funcionamento da mente Humana influencia significativamente nesse processo de compra e venda, seja de ideia ou produto?

Então, aqui vai um recado importante para você aplicar isso com confiança e congruência, respeitando a regra de ouro:

ATENÇÃO: Somente faça isso, se você o que você está falando é Realmente Verdadeiro.

Preste atenção, você vai ligar uma característica do produto (conforme você estudou no seu guia, a final você quer ser uma consultora elite e crescer seus lucros, então você estuda seu negócio) a uma sistema representacional.

Você não vai Inventar NADA!

Eu ainda quero contar pra você porque o e/ou que citei lá em cima é importante, entretanto, antes preciso lembrar que você é uma CONSULTORA, e que o propósito a cima de tudo é prestar consultoria e assim, fazer a diferença na vida daquela pessoa que está a sua frente, muitas vezes necessitando de auto-estuma, carinho e atenção. Ou seja:

Utilize essas técnicas e tenha o triplo de vendas que você tem hoje, mas a cima de tudo faça isso com Integridade para quem o seu propósito esteja a cima de qualquer técnica de vendas! =)

Você vai aumentar vendas e inícios com essas técnicas? SIM!

Todo Mundo que você falar, fizer sessão vai comprar de você a partir de agora? NÃO!

Cada pessoa sabe das suas necessidades e do seu bolso. Então faça a diferença na vida de todas as pessoas, e aquelas que podem comprar aparecerão pra você!

Agora deixa eu te contar um detalhe extremamente importante que não expliquei lá em cima.

Porque oe/ou faz diferença? Quando você utiliza uma frase para acessar cada sentido do cliente: visão, audição, sensação, não quer dizer necessariamente que a pessoa vai se conectar diretamente com aquele sentido.

Você, eu e todo o ser humano temos todos os sistema representacionais e utilizamos ele o tempo todo. Porém, você pode ter uma tendência e até preferência em utilizar, por exemplo, o sentido da visão, logo, quando você lê ou ouve algo você costuma imaginar aquilo, enquanto eu por exemplo, posso sentir. Vou deixar isso mais claro no exemplo abaixo:

Choveu torrencialmente ontem. Casas ficaram alagadas e as pessoas estavam desesperadas.

Pessoa com preferência Visual: Vê a imagem de muita chuva caindo e casas cheias de água e pessoas correndo.

Pessoas com preferência Auditiva: Escuta (na sua mente) o barulho da chuva e ouve gritos.

Pessoa com preferência cinestésica: Sente a água caindo e uma sensação estranha o corpo semelhante a desespero.

Percebeu a diferença de percepções de uma mesma frase?

Isso quer dizer que mesmo que diga pra você que você ouvirá seus CDs com clareza tentando atingir seu sistema auditivo, você pode simplesmente criar a imagem de você colocando seu cd predileto para escutar e se ver cantando, feliz, e não necessariamente você ouvirá a música, e mos que ouça a sua música, na sua imaginação, a imagem criada pode ser mais forte e nítida do que o som se você for mais visual. Dito isto:

Na sua comunicação, procure usar sempre TODOS os sentidos, pois como você nãos abe exatamente qual é o sistema preferido da pessoa, você proporciona pra ela a oportunidade, não só de acessar todos os sistemas, como também de acessar o sistema representacionais preferido dela!

Agora, eu proponho um desafio, você topa?

Desafio você a criar uma pequena apresentação que você gosta e acredita que poderia vender ais do que vende, baseado no qeu você aprendeu nesse artigo, vamos lá?!

A final, teoria sem prática, leva você a lugar nenhum e se você chegou até o final desse artigo é porque você quer resultados diferente, não é mesmo?

Então, me conte nos comentário, o que você achou desse artigo?

Grande Beijo,
Caroline Nunes Treinando Vencedoras